PUBLICIDADE

Novelas

Bolsonaro diz que João Dória usa sunga apertadinha e governador diz que Carlos Bolsonaro tem ciúmes

12/06/2021 às 15:24

Governador de São Paulo, João Doria Foto: Reprodução
Governador de São Paulo, João Doria Foto: Reprodução

A briga entre o presidente Jair Bolsonaro e o governador de São Paulo, João Dória, continua presente. Nesta quinta-feira (10), o chefe do Executivo ironizou o ex-apresentador de TV, que foi visto tomando sol, sem máscara, em um hotel no Rio de Janeiro. Porém, o governador reagiu de modo inusitado.

“Estamos vendo aí um governador, não vou falar de que estado é. Ele fecha seu estado, ou vai para Miami, ou foi agora plotado em um hotel do Rio de Janeiro, com a sunguinha apertadinha. Não vou falar o nome dele aqui [estava] dando um péssimo exemplo. Está de brincadeira, né, cara?”, disparou o presidente.

Bolsonaro seguiu, em sua live: “Tem que dar exemplo, tinha cadeira do lado. Fui ameaçado de multa em São Paulo [por aglomerar]? Estou sendo ameaçado e multa. ‘Ah, porque aqui ele é um cidadão igual outro qualquer’. Ô, hipócrita, você não respeita seu povo, não respeita ninguém, vai ameaçar presidente da República? Não tem moral para maia nada, [está] completamente descredibilizado no seu estado no seu estado, tomou medidas ditatoriais no seu estado”.

Após as fotos de João Dória circularem nas redes sociais, no último final de semana, a assessoria do político disse que ele estava em um momento de descanso com sua esposa e “não promoveu nenhum tipo de aglomeração”.

Em sua conta do Twitter, nesta sexta-feira (11), o governador de São Paulo, então, retrucou Bolsonaro e ainda debochou de Carlos Bolsonaro, um dos filhos do presidente, que tem ficado conhecido nas redes sociais como “Tonho da Lua”.

Veja também

“Depois de ter tomado duas doses de antirrábica, Jair Bolsonaro passa de raivoso para apaixonado. Ele dorme sonhando com minha calça apertada e acorda pensando na minha sunga apertada. É muito amor. Tonho da Lua deve estar morrendo de ciúmes”, publicou o governador.

O personagem da clássica novela Mulheres de Areia (1993) era uma pessoa com deficiência mental, que ficava dividido entre o bem e o mal, com ataques repentinos de raiva ao longo da trama.

As comparações com o filho do presidente não são de hoje. Segundo uma antiga reportagem da revista Época, esse era o apelido dado para  pelos outros parlamentares. As piadas eram inevitáveis por causa dos constantes surtos de raiva que Carlos apresentava. Agora, com o vídeo, o político voltou a ser alvo de piadas entre os internautas.

Bolsonaro e Dória voltam a se alfinetar
Bolsonaro e Dória voltam a se alfinetar Foto: Reprodução

 

Tenho 23 anos e estou cursando o último semestre de Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie. Minha maior paixão, desde sempre, foi a escrita, e usar o Jornalismo para tocar a vida das pessoas.

Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.
Botão Fechar PushOnSite